Home Brasil Projeto de Lobbe que inclui educação alimentar no currículo das escolas é aprovado na CCJ

Projeto de Lobbe que inclui educação alimentar no currículo das escolas é aprovado na CCJ

0

Foi aprovada na manhã da última terça-feira (05), na Comissão Constituição e Justiça e de Cidadania, a redação final do Projeto de Lei nº 128/07, do deputado federal Lobbe Neto (PSDB-SP), que inclui o tema “educação alimentar” no conteúdo das disciplinas de Ciências e Biologia dos ensinos fundamental e médio, respectivamente.

Lobbe Neto afirma que, como a formação dos hábitos alimentares ocorre na primeira infância, hábitos incorretos aumentam o risco de a criança tornar-se obesa na adolescência e ter doenças como diabetes, hipertensão e anemia, por exemplo. “A alimentação equilibrada e balanceada é um dos fatores fundamentais para o bom desenvolvimento físico, psíquico e social das crianças. É de conhecimento da população e dos especialistas o significativo aumento da taxa de obesidade infanto-juvenil”, explicou o parlamentar.

Na opinião do deputado tucano, a educação e o potencial de aprendizagem devem ser melhorados ao mesmo tempo em que se promove a saúde, para fortalecer o vínculo positivo entre a educação e a saúde. “É na escola onde os programas de educação e saúde, no caso em questão, educação alimentar, podem ter a sua maior repercussão”, ressaltou.

Lobbe considera que a escola não pode se isentar de responsabilidade, já que, em sua opinião, é um dos eixos prioritários para promoção de hábitos alimentares saudáveis. “Pelo menos durante o tempo em que estão na escola, nossas crianças e jovens devem estar livres da pressão e tentação de consumo de produtos inadequados ao seu desenvolvimento saudável. Eles precisam ser motivados e conscientizados a consumirem produtos mais saudáveis”, acrescenta.

“Uma norma federal que estabeleça diretrizes terá o papel de reforçar todos aqueles que já têm esse objetivo e servirá de estímulo aos estados e municípios que ainda não tiveram condições de cuidar desse tema”, afirma o deputado.

Lobbe destaca que a Organização Mundial de Saúde (OMS) define que uma das melhores formas de promover a saúde é por meio da escola – o espaço social onde os estudantes e os professores passam a maior parte de seu tempo.

O projeto agora será encaminhado para o Senado Federal.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Brasil

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Assessor do vereador Leandro tenta agredir jornalista do Notícias do Front

Aceitar opiniões diferentes nunca foio forte do vereador do PSB, Leandro do Amaral, que au…