Home Destaque Azuaite diz que São Carlos está às escuras e precisa definir projeto de iluminação pública

Azuaite diz que São Carlos está às escuras e precisa definir projeto de iluminação pública

0

“A cidade que almeja ser das luzes intelectuais, do ponto de vista físico, de apresentação, convívio e segurança das pessoas é uma cidade às escuras porque é mal cuidada”, afirmou o vereador Azuaite França (PPS), ao comentar a precariedade da iluminação pública em São Carlos.

Falando na tribuna da Câmara, na discussão de requerimento de informações sobre a iluminação no Jardim Embaré, Azuaite previu que o tema iluminação pública “vai nortear muitas discussões na Câmara”.

“Não se cuida da cidade de São Carlos e da iluminação pública em particular”, declarou. Mencionou a legislação que transfere para as prefeituras municipais a responsabilidade pelo serviço de iluminação pública e estabelece às municipalidades a possibilidade de financiar esse serviço por meio da criação de uma contribuição de iluminação pública.

O parlamentar observou que a administração anterior “não teve tempo ou a devida coragem política” para colocar essa questão em pauta e preferiu a contestação no Judiciário obtendo liminar que permitiu manter a situação inalterada, “fazendo com que a CPFL muito a contragosto respondesse pela manutenção da iluminação pública”. Na avaliação do vereador, atualmente a empresa “está muito distante daquela que orgulhava seus funcionários”.

“A administração municipal precisa cuidar disso, promete que vai cuidar, no entanto não se vê concretamente nada de objetivo nesse sentido”, afirmou. No seu modo de entender é preciso existir um projeto de iluminação pública, que defina qual o padrão de serviço que a cidade deseja. “Se é o sistema LED, é preciso saber qual o orçamento, como vamos fazer isso”.

O vereador opinou que seria necessário que se instalem em alguns trechos “para servir de showroom para a população poder ver como poderá ser a iluminação da cidade, aí então haveria justificativa para pedir ao povo uma contribuição a título de iluminação pública”.

“Senão não dá pra tirar do povo em cima de uma promessa, mas sim discutir a possibilidade de iluminar de determinado padrão que a população deseja e que seja seguro”, finalizou.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Suzantur notifica Prefeitura e afirma que transporte está à beira do caos

A Suzantur, que opera o transporte coletivo em São Carlos na modalidade emergencial, notif…